SINTEPE Mata Sul realiza plenária para discutir Fundeb Permanente

Na manhã desta quarta-feira (27), o Núcleo do Sintepe Regional Mata Sul, através de sua coordenadora Lhuba Cavalcanti, reuniu profissionais de educação e comunidade, para discutir a importância do Fundeb para educação pública.

O Dia Nacional de Mobilização pelo Novo Fundeb, em 27 de novembro, foi lançado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) porque o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) tem vigência assegurada até 31 de dezembro de 2020. Após essa data, o regime de cooperação ficará extinto, podendo comprometer gravemente o financiamento da educação em todo país.

Segundo o Diretor do SINTEPE e Palestrante, Francisco de Assis, o Fundeb corre o risco de ser extinto e precisamos encampar na luta para torná-lo permanente e com mais recursos. Chamou a atenção para a situação dos municípios que dependem exclusivamente desses recursos.

Também estiveram prestigiando a plenária o Secretário de Educação de Belém de Maria-PE e Presidente da UNDIME/PE, Natanael, o Presidente do SINSEMPAL, Prof. Lúcio Passos e o Gestor da GRE Mata Sul, Prof. Danilo Santos.

O Professor Danilo em sua intervenção disse: “não existe neutralidade em educação. Professor se posiciona não fica neutro.”

Representantes das Chapas 1 e 2 do Sinsempal estiveram presentes para participar e discutir sobre o tema do Fundeb.

Os sindicatos filiados à CNTE nos estados e municípios, entre eles o Sintepe, estão promovendo debates com a categoria e a sociedade, explicando a importância da aprovação da Proposta de Emenda Constitucional 15/2015 que torna o Fundeb permanente e com um aporte maior de recursos da União.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *