Pernambuco

Paulo Câmara destaca a credibilidade e a excelência da Universidade de Pernambuco

O governador Paulo Câmara participou, na manhã desta segunda-feira (14.06), de um evento por videoconferência em comemoração aos 30 anos da Universidade de Pernambuco (UPE). Vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Pernambuco (Secti), a UPE tem a missão de contribuir para o desenvolvimento sustentável do Estado, por meio do ensino, pesquisa e extensão universitária. Seu complexo multicampi é formado por 15 unidades de ensino e três grandes hospitais, distribuídos no Recife e Região Metropolitana, Nazaré da Mata, Palmares, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Salgueiro, Serra Talhada e Petrolina.

“Nossa universidade é sinônimo de credibilidade e excelência. Neste momento tão difícil, não podemos deixar de dizer que é um símbolo de saúde pública em Pernambuco. As três unidades que compõem a saúde – o Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam), Hospital Universitário Oswaldo Cruz e o Pronto-Socorro Cardiológico Universitário de Pernambuco (PROCAPE) – têm sido fundamentais no enfrentamento à pandemia, atuando em tantas frentes com muita coragem”, destacou Paulo Câmara, agradecendo aos profissionais de saúde da UPE pelo trabalho.

Com origem na Fundação de Ensino Superior da Pernambuco (FESP) que, desde 1965, era a mantenedora de um grupo de unidades de ensino superior no Estado, a UPE foi oficialmente criada no dia 12 de junho de 1991, pela Portaria Ministerial nº 964. A Lei Estadual nº 10.518, de 29 de novembro de 1990, já havia criado a Fundação Universidade de Pernambuco, instituição de direito público que se tornaria a mantenedora da UPE.

“Uma universidade multicampi, desde sua criação, que já nasceu interiorizada e atualmente está presente em todas as regiões do Estado, oferecendo cursos na modalidade presencial e à distância. Sabemos que muito ainda precisa ser feito e estamos juntos, professores, servidores e alunos, nessa jornada”, afirmou o reitor da universidade, Pedro Falcão.

Durante o evento, foi lançada a nova logomarca da UPE e a chamada para a elaboração de um livro comemorativo dos 30 anos da instituição. Atualmente, a universidade oferece 54 cursos de graduação na modalidade presencial, cinco cursos de graduação à distância, oito doutorados, 21 mestrados e 115 cursos de especialização (Lato Sensu), contabilizando mais de 20 mil estudantes ao longo de todo o território de Pernambuco. A UPE conta ainda com o complexo hospitalar, que tem tido destacada importância na luta contra a Covid-19.

Também participaram do evento online a vice-governadora Luciana Santos; o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lucas Ramos; e a vice-reitora da UPE, Maria do Socorro Cavalcanti, além de reitores e representantes de outras universidades com atuação no Estado.

Complexo Hospitalar

Durante o período de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, a Universidade de Pernambuco foi responsável por diversas ações estratégicas. Entre elas, a seleção simplificada para contratação temporária de 670 profissionais de nível superior e médio para atuação em seus hospitais universitários. Houve ainda a nomeação e posse de 120 servidores da área da saúde para compor o quadro permanente de pessoal da universidade, com lotação no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), e a elaboração do edital de credenciamento médico para contratação temporária de 42 médicos intensivistas.

Do Blog da Folha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *