“Não tenho condições de apoiar um palanque que apoiou o Golpe.” Diz Marília.

Na tarde desta sexta-feira (15), a Pré-Candidata do PT ao Governo de Pernambuco, Marília Arraes, cumpriu agenda no Distrito de Serro Azul em Palmares, onde, acompanhada do Pré-Candidato a Deputado Estadual Felipe Rodrigues e do Ex-Prefeito dos Palmares, Francisco de Assis Rodrigues (Chiquinho), caminhou pelas ruas do distrito, ouviu os reclamos dos moradores sobre os diversos problemas causados pela construção da barragem Eduardo Campos e a situação de descaso em que se encontram.

Em entrevista ao BS, Marília disse: “sempre que venho a Palmares sou bem recebida pela população, mas, a indignação das pessoas é muito grande com o tamanho da irresponsabilidade do Governo do Estado com a condução desse processo de construção das barragens, aliás, da única barragem que foi concluída até o momento e principalmente com a falta de compromisso com o social; é como se eles estivessem querendo realmente massacrar as pessoas que vivem no entorno da barragem e que tiveram suas vidas afetadas pelos impactos social e ambiental causados.”

Ao ser perguntada sobre o que poderia ser feito para resolver o problema, afirmou: “Nós precisamos fazer  um estudo sério e principalmente tratar essa situação com honestidade e seriedade priorizando a situação das pessoas, e um compromisso que assumimos é colocar as barragens da Mata Sul como prioridade no nosso programa de governo.”

Marília também falou da disputa interna que enfrenta no seu partido, em relação a sua candidatura e acredita que a decisão final será o PT recusar a aliança com o PSB e caminhar com candidatura própria. Pra finalizar comentou as declarações do Pré-Candidato Armando Monteiro (PTB), que declarou ao Jornal do Commércio, a possibilidade dela (Marília Arraes) subir no Palanque da oposição, caso os petistas decidam apoiar o governador Paulo Câmara (PSB). Sobre isso afirmou em alto e bom som: “Não tenho condições de apoiar um Palanque que apoiou o Golpe, e que representa a Base de apoio do Governo de Michel Temer. Com certeza temos plano A e B, Plano A será registrar a candidatura e o Plano B Ganhar as eleições e colocar Pernambuco pra andar de vez.” Pontuou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *