Pernambuco

Fernanda Rezende é a primeira mulher a presidir o Sindicato dos Advogados de Pernambuco

Fernanda Resende foi eleita, por aclamação, para o mandato complementar do período 2021/2024, sucedendo o advogado Lyses Feitosa. Resende é formada pela Universidade Católica de Pernambuco desde o ano 2000 e se tornou conhecida em todo o Estado após ministrar cursos de atualização jurídica para advogados nas 25 subseções da OAB Pernambuco, através de caravanas organizadas pela Escola Superior da Advocacia.

Além da mudança na presidência, foram também eleitas as advogadas Rogéria Gladys, Carol Tosaka e Martha Rosa, que assumiram os cargos de diretora tesoureira, diretora administrativa e diretora de cultura, esporte e lazer, respectivamente.

Fundado desde 1989, o SINDICATO DOS ADVOGADOS DE PERNAMBUCO – SINDAPER é registrado perante o Ministério do Trabalho e Emprego e possui carta sindical ativa para defender os direitos coletivos e/ou individuais da advocacia, podendo, inclusive, propor dissídios trabalhistas, celebrar acordos ou convenções coletivas e ajuizar demandas na condição de substituto processual. Com a posse das novas eleitas, a diretoria executiva do SINDAPER alcança duas conquistas históricas, além de atingir a paridade de 50% de mulheres na diretoria executiva, elege sua primeira presidenta mulher.

Entre as lutas a serem encampadas pela nova direção, a presidenta ressaltou a efetivação do piso salarial da classe instituído pela Lei 16.116/17 que em muitos escritórios de Pernambuco não vem sendo cumprida. Resende também defende a necessidade de ampliar a defesa das prerrogativas, a fiscalização do exercício irregular da profissão e a paridade de gênero e raça na formação das listas sêxtuplas de composição dos Tribunais.

Fernanda Resende é Mestre em Direito Processual Civil pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), onde também fez seu curso de graduação e atuou como monitora, descobrindo sua vontade de ser professora. Sua pós-graduação foi em Direito Tributário pela UFPE.

Ela se formou nos anos 2000 e, juntamente com uma colega estagiária, fundou um escritório de advocacia. Bem humorada, recorda que empreendimento nasceu como num chá de bebê: no convite enviado aos colegas, ela e a sócia pediram itens para a construção do escritório, como grampeadores e cadeiras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!