Genésio se emociona com apoio do público em noite multicultural.

“Podem interromper nossos planos, no entanto nossos sonhos, jamais conseguirão!” (Genésio Cavalcanti)

Na noite deste sábado (21), o Poeta, Escritor e Cineasta palmarense, Genésio Cavalcanti, promoveu uma brilhante noite multicultural, na festa de lançamento do seu primeiro romance intitulado “Porto Solidão”. A noite foi recheada de muita cultura, iniciando com a exposição fotográfica “Poesias Imagéticas” do Publicitário e Fotógrafo Denilson Vasconcelos, transcorrendo durante todo o evento, onde na mesma o público foi surpreendido através de uma experiência sensacional, através de fotografias sensoriais, uma tecnologia que o fotógrafo palmarense está proporcionando em seus novos trabalhos. Depois foi a vez do Guitarrista Glebson Henrique, que usou toda sua musicalidade tocando o Hino dos Palmares, bem como um clássico dos Beatles “A Day in the Life” do disco Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band e mais 3 músicas autorais suas que serão lançados no seu 1º álbum que está sendo gravado no decorrer deste ano. Giovani Gomes (jornalista, ator e contador de histórias) interpretando a peça teatral “Efêmero”, com direção de William Smith (jornalista, ator e produtor cultural), emocionou e tirou muitas gargalhadas do público.

Além disso, o evento contou a exibição de três curtas-metragens dirigidos por Genésio Cavalcanti (“Palmares: Berço da Poesia”, “Cine Teatro Apolo – Tempo e História” e “Uma Rosa, uma Diva – A história  de Rosa Pinto”).

Em entrevista ao BS, Genésio, falou que o evento atendeu e superou todas as expectativas, que deu muito certo e o Povo entendeu sua mensagem, ao comparecer em massa ao Centro de Treinamento João XXIII, falou de sua obras e das parcerias que foram importantes. Perguntado sobre como era homenagear o Cine Teatro Apolo, sem estar no Espaço do Cine Teatro, o mesmo respondeu: “isso o deixou muito triste, mas, que não era momento de falar de coisa triste, é momento de falar da alegria do sucesso da exposição multicultural, mas, durante sua fala disse que o Cine Teatro Apolo pertence ao povo, e que no futuro próximo ele voltará para o povo. Para os Artistas.” pontuou.

Por outro lado o escritor e poeta palmarense, Vilmar Carvalho, falou da importância da resistência cultural de Genésio, pois mesmo com as dificuldades impostas pela negação do espaço do CINE TEATRO APOLO, ele não desistiu e mesmo sem ser espaço adequado fez com brilhantismo a noite multicultural e lançamento de sua mais nova obra para a alegria de todos os palmarenses. “O DNA DE PALMARES É A CULTURA! EXISTE MUITOS OUTROS, MAS O PRINCIPAL É A CULTURA.” Exclamou!

Falta Valorização

O que nos chamou a atenção, foi a não participação da classe política dos Palmares, comparecendo apenas o Vereador Godoy de Bartô, ninguém representando o Governo Municipal, tampouco a Fundação de Cultura Hermilo Borba Filho, demonstrando total descaso com a arte e os artistas, pelo menos é o que ficou expressado nas vozes de muitos que compareceram ao evento.

Confira a entrevista na íntegra:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Genésio se emociona com apoio do público em noite multicultural.”