Com Protesto contra a Transnordestina, Moradores lutam pra ficar em suas casas em Palmares PE

Na tarde desta terça-feira (28), moradores que tem suas residências localizadas às margens da linha férrea, vão às ruas protestar contra a Transnordestina, que é a detentora da malha ferroviária e estações oriunda da antiga Rede Ferroviária.

Segundo informações dos organizadores, as famílias reuniram-se em protesto, para lutar pelo direito a moradia. Principalmente após decisão judicial que deu direito de posse a Transnordestina.

Hoje os moradores encontram-se ameaçados de despejo.

Em trevista ao BS, o Advogado e Sociólogo, Lenivaldo Lima, informou que a população pede a erradicação dos trilhos da antiga ferrovia que está abandonada desde 1998 e que são aproximadamente 5 mil imóveis a ser demolidos de Maraial até o Cabo passando por jaqueira, Catende, Palmares, Joaquim Nabuco, Gameleira, Ribeirão e Escada, sendo que nessas residências possuem escritura, pagam IPTU, foram permitidas as construções pela antiga REFFsa.

Durante o protesto, muitos cobravam um posicionamento das autoridades políticas que infelizmente parece que estão de costas para o povo.

Durante o ato apenas o Vereador França da Saúde levou sua solidariedade as famílias envolvidas.

Onde estão os representantes políticos eleitos pelo povo?

Esperamos e torcemos que esse caso se resolva o quanto antes, para trazer paz e tranquilidade para todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *