Aos 98 anos, PCdoB reafirma sua solidariedade ao povo e defesa da vida

O mais longevo partido do Brasil também está engajado no combate à pandemia do coronavírus, na defesa do bem estar do povo brasileiro e da economia nacional.

Ao completar 98 anos, neste 25 março, o PCdoB ressalta, em nota divulgada nesta terça-feira (24), a “grande luta nacional para o país enfrentar e vencer a Covid-19.” Para presidente Luciana Santos a “prioridade é fortalecer todas as medidas que visam a proteger, cuidar da vida e da saúde das pessoas.” Além das questões sanitárias, o partido aborda também a necessidade de garantir o trabalho e o sustento das famílias dos trabalhadores. A dirigente nacional dos comunistas, que também é vice-governadora de Pernambuco, ressalta que o partido luta para que “os trabalhadores informais, autônomos, e todos os que tiveram o seu meio de vida afetado pela crise, recebam um bônus no valor de um salário-mínimo.” O Partido também defende a estabilidade no emprego e é contra a redução de salários.

A presidenta nacional do PCdoB divulgou mensagem em defesa do bem estar do povo e do Brasil (Foto: Richard Silva/PCdoB na Câmara)

Luciana Santos considera ainda que “é imperativo salvar as microempresas, pequenas e médias, impedir que ocorram falências em massa.” Os comunistas defendem crédito subsidiado e aportes de recursos para ajudar cobrir o pagamento da folha de salários.

A nota assinada por Luciana Santos destaca que o “largo arco de convergências de esforços busca dar resposta à inoperância e à irresponsabilidade que têm caracterizado a conduta do presidente Jair Bolsonaro”. Segundo ela “em vez de a presidência da República desempenhar a responsabilidade constitucional, de unir a nação e seu conjunto de Poderes, Bolsonaro minimiza a pandemia, ataca o Congresso e o STF, cria conflito com os governadores que, como podem, se desdobram para adotar as medidas que a situação dramática exige”.

A presidente Luciana conclui com uma mensagem de esperança: “Apesar da dura realidade que nos cerca, reiteramos nossa convicção: apesar de Bolsonaro, o Brasil enfrentará e vencerá a pandemia e a crise.”

Do Portal Vermelho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *